Followers

The 4 Candles

Maukie - the virtual cat

De credito aoende credito e merecido...

Os textos aqui colocados amaioria encontardo na internet , alguns com autoris desconhecidos ou enviados por email pelos membros. caso voce , conheca o autor de alguns por favor ajude nos adar Credito , aos autores, eles merecem.caso alguns desetes textos sege seu e nao queira que sege publicado na rede, por favor avise ao dono da REDE e sera excluido. obrigada e agradeco a colaboracao de todos. Opatcha. Que o povo cigano ilumine os seus caminhos e lhe traga abonanca sempre.
Gipsy Red Rose.

Free Astrology Chart Generator

Thursday, December 2, 2010

Etnia Cigana

Etnia Cigana 




. anunciada a Cartilha de Direitos da Etnia Cigana; . e entregue o Relatório do Grupo de Trabalho para as Culturas Ciganas (GT). “Quero tentar algo junto ao Ministério da Cultura. Temos de resgatar a tradição, minha etnia está acabando. Estamos perdendo até a auto-estima; os ciganos se escondem e mudam de casa por medo do preconceito”. O carioca Mio Vacite, 65 anos, também descendente de iugoslavos e líder de um grupo de música típica (*17) “A criação do Dia Nacional dos Ciganos pode ser um “divisor de águas”, abrindo caminho para a superação de problemas como o preconceito e a falta de acesso a políticas públicas” afirma Iovanovich (*13) O Dia Nacional do Cigano foi instituído em 25 de maio de 2006 por meio de decreto assinado pelo presidente que reconheceu a importância da contribuição da etnia cigana no processo de formação da história e da identidade cultural brasileira. A data de 24 de maio é muito importante no calendário cigano: é o dia dedicado à Santa Sara Kali, a padroeira universal dos povos ciganos. No Rio de Janeiro, por exemplo, no Parque Garota de Ipanema, no Arpoador, já é tradicional a festa organizada pela coordenadora da Fundação Santa Sara Kali, a cigana Mirian Stanescon. (*13) Diagnóstico sociocultural de população cigana Em 24 de maio de 2007 também foi anunciado que o Brasil terá o primeiro diagnóstico sociocultural sobre o povo cigano. Segundo a SID/MinC, o protocolo de cooperação do censo será firmado ainda em 2007 entre os ministérios da Cultura, Educação e Saúde e a Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) da Presidência da República.(*12) “O levantamento não será apenas quantitativo, mas incluirá aspectos relativos "aos saberes, fazeres e modos de vida dos povos ciganos” explica Sérgio Mamberti A matéria informa que a ministra Matilde Ribeiro, da Seppir, acrescenta que o mapeamento inicial sobre esses povos indica que a maioria é de baixa renda e necessita de políticas básicas do governo federal. “Um censo mais aprofundado será fundamental para a elaboração de políticas públicas para os ciganos. Há um conjunto de demandas apresentadas por eles, como acesso a postos de saúde, escolas, alfabetização de adultos, alfabetização de crianças de uma maneira especial, considerando que nem todos têm moradia fixa, documentação. Esses são exemplos para inclusão na agenda da política pública como um todo” explica Matilde. Afirma também que os livros de história brasileira também deveriam passar por mudanças tanto para mostrar a importância dos ciganos para o país como para acabar com mitos e lendas. O cigano é um povo pacífico e queremos ser reconhecidos como seres atuantes na história do povo brasileiro. Estiveram da Guerra dos Farrapos, na Guerra dos Emboabas, no Quilombo dos Palmares, mas os livros de história não contam isso. ” diz Yáskara Guelpa, no Centro de Estudos e Preservação da Cultura Cigana Cidadania dos Ciganos Abaixo apresentamos parágrafos extraídos da matéria publicada em 27/9/2007 - Cidadania dos Ciganos, divulgado pelo Boletim Famalia (*11), momento importante para o povo cigano. Em busca da regularização da cidadania das populações ciganas brasileiras, foi apresentado, agora em setembro, no Teatro da Assembléia Legislativa, em Belo Horizonte, o projeto “Cidadania dos Ciganos” Uma parceria entre Sindicato dos Oficiais de Registro Civil de Minas Gerais (Recivil), a Defensoria Pública de Minas Gerais, a Subsecretaria do Estado de Direitos Humanos e o Centro de Cultura Cigana visa justamente identificar os integrantes dos grupos ciganos, uma iniciativa pioneira no mundo e que vai abranger mais de 100 mil pessoas, efetuando registro de nascimento e fornecendo documentos como certidões de nascimento, casamento, óbito, reconhecimento de paternidade, entre outros.

No comments:

Post a Comment

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
There was an error in this gadget